Era uma vez – A Historia dos contos de fadas”

Curso: 3 módulos de 3h/aula (cada) / total de 9h/aula;

Datas: 09, 10 e 11 de janeiro, das 19h as 22h;

Local: Sebinho  (SCLN 406, Bloco C, loja 44, Asa Norte, Brasília, DF).

Ministrante: Tino Freitas.

A quem se destina: Adultos, de quaisquer áreas, interessados pelo tema mas, principalmente, professores, estudantes de letras ou pedagogia, escritores, ilustradores, bibliotecários, mediadores de leitura, e demais profissionais que usam a literatura infantil como ferramenta. Curso para, no máximo, 15 alunos.

O curso apresenta uma abordagem histórica sobre o surgimento do conto de fadas, o momento em que ele começa a ser impresso em livros e a se tornar ainda mais popular, além de discutir a invenção da infância e os motivos que transformaram tais contos em contos para crianças. Há leituras comparadas destacando curiosidades, links com o cotidiano da época, e os significados ocultos, a partir do olhar da psicanálise. No meio de tudo, algumas curiosidades, o perfil de alguns dos ilustradores clássicos do século XIX, um pouco sobre mitos, símbolos e arquétipos, os novos autores de contos de fadas e dicas, muitas dicas de livros.

INSCRIÇÕES:

Valor: R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais).

O pagamento pode ser feito å vista, via depósito ou transferência, na conta informada abaixo.

Dados bancários (para depósito/transferência).

FLORENTINO ALVES DE FREITAS BANCO ITAÚ (341) AG: 6244 C CORRENTE: 06800-0 CPF: 656.803.244-15.

Após o depósito/transferência, enviar comprovante com o nome completo do inscrito + celular para o e-mail tinofreitas@gmail.com.

Mais informações podem ser pedidas no e-mail acima ou no Whatsapp 61 981193239.
Tino Freitas – Jornalista, escritor, contador de histórias, é também mediador de leitura do projeto Roedores de Livros, no Distrito Federal, onde descobriu e apaixonou-se pelo trabalho com e para crianças. Seus livros têm como características o humor, a crítica social e o experimento com o suporte (papel/folha/livro objeto) enquanto importante elemento condutor da narrativa. Alguns já receberam importantes prêmios, como o Prêmio Jabuti, o Selo Altamente Recomendável para Crianças, da FNLIJ, além de integrar seleções de destaque nacional (Os 30 Melhores Livros do Ano, da Revista Crescer) e internacional (Catálogo de Bologna).